9 set 1951

A rigor, não se poderia...

paulo-mendes-campos
x
- +
Array
(
    [@header] => Array
        (
            [content_id] => 7344
            [slug] => a-rigor-nao-se-poderia
            [image] => 
            [baseDate] => 1951-09-09
            [type_id] => CreativeWork
            [dateCreation] => 2018-07-12 14:15:46
            [creator] => 1
            [prop_name] => A rigor, não se poderia...
            [prop_description] => 
            [prop_text] => 
            [prop_publishingPrinciples] => coluna: Primeiro Plano
            [prop_sameAs] => 
            [relations] => Array
                (
                    [ImageObject] => Array
                        (
                            [contents] => 1
                            [relations] => 1
                        )

                    [Organization] => Array
                        (
                            [contents] => 1
                            [relations] => 1
                        )

                    [Periodical] => Array
                        (
                            [contents] => 1
                            [relations] => 1
                        )

                    [Person] => Array
                        (
                            [contents] => 1
                            [relations] => 1
                        )

                    [Place] => Array
                        (
                            [contents] => 1
                            [relations] => 1
                        )

                )

        )

    [dateBegin] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [properties_id] => 56579
                    [content_id] => 7344
                    [type_id] => CreativeWork
                    [language_id] => pt
                    [property_id] => dateBegin
                    [label] => 1951-09-09
                )

        )

    [datePublished] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [properties_id] => 56578
                    [content_id] => 7344
                    [type_id] => CreativeWork
                    [language_id] => pt
                    [property_id] => datePublished
                    [label] => 9 set. 1951
                )

        )

    [name] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [properties_id] => 56577
                    [content_id] => 7344
                    [type_id] => CreativeWork
                    [language_id] => pt
                    [property_id] => name
                    [label] => A rigor, não se poderia...
                )

        )

    [publishingPrinciples] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [properties_id] => 56580
                    [content_id] => 7344
                    [type_id] => CreativeWork
                    [language_id] => pt
                    [property_id] => publishingPrinciples
                    [label] => coluna: Primeiro Plano
                )

        )

    [identifier] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [properties_id] => 56576
                    [content_id] => 7344
                    [type_id] => CreativeWork
                    [language_id] => pt
                    [property_id] => identifier
                    [label] => 058319
                )

        )

    [textSearch] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [properties_id] => 56581
                    [content_id] => 7344
                    [type_id] => CreativeWork
                    [language_id] => pt
                    [property_id] => textSearch
                    [label] => 6 — DIÁRIO CARIOCA, 9 de Setembro tk PRIMEIRO PLANO À RIGOR, não se. poderia chamar aquilo de pensão: era uma casa junto do mar, com alguns hóspedes do mar. Diante dele, a casa sem maiores encantos do que a sedução das coisas velhas, ficava senhorial. O mar adjetivava nossa simplicidade, dava-nos um pouco de seu mistério, de sua elegância. Nós e os pescadores, de maneiras diferentes, tiravamos do mar a nossa subsistência. Não tínhamos aí o ar de pobres pensionistas, éramos lobos do mar, falhados em nossas maquinações de aventura. E só o mar justificava nossa presença naquela pensão horrível, de comida muito ruim. No fim* de alguns meses, M. Jean, o dono, começou a tratar-me com reservas: desconfiou que eU era um literato. * * * À MORENA tinha sorte, a loura não. Êle, entre as duas, sorria, distribuindo para ambas seus sorrisos, seus “mots cTesprit”, suas fichas. Salomonicame^te perfeito. A loura éra linda. A morena era de uma feiura modesta, sardenta, de olhos negros e bonitos. Informou-me um amigo comum que a morena era inteligente e sensível, em gráus quase excessivos. Culta como a Enciclopédia Britânica. Êle a, cultivava pelo espírito. A loura não. Era (Deus meu, perdoa minhas imagens tortas), um ABC de delícias. - • Êle, um pouco mais do que amigo das duas, um pouco menos do que comprometido, jamais se decidiu a solucionar o impasse. Por que ? — perguntei. Por achar que as coisas que nascem erradas ou indecisas guardam um encanto que a gente não pode violèntar sem cometer um crime contra os misteriozi-nhos da vida. Era um diletante da dúvida. Na verdade, continuou o informante, êle já tinha se declarado às duas. A loura, em uma noite de uisque. Em uma tarde, entre concepções aristotélicas e investidas à escolástica, êle dei- ( xou na alma filosófica da morena uma esperança menos platônica. Mas arrepiou caminho e voltou às nuances. i * * * COOKY é filho de americanos e meu amigo. Tem a cara lisa e sem sardas. Da cozinha do seu apartamento, êle olha dentro do meu quarto. A mãe lhe proibiu de incomodar-me quando estou tra- balhando. Menos por obediência do que por temor de desagra-dar-me, fica de tocaia, esperando que eu levante os olhos da máquinãT e o veja. Então, falará comigo. Já não estarei trabalhando. Também não é porque me respeite muito. Estivesse chuvosa a manhã, e êle estaria Já de cima a insultar-me, entre risadas. Mas o dia está bonito e Scooky a tudo se submete para que eu o leve à praia. Tôdas as vezes que posso, e algumas em que não posso, vou ao banho' de mar com Scooky. Vem buscar-me e mcasa, faz per guntas, pede-me nozes. Não tendo nozes, dou-lhe passas. Implicou com uma reprodução de Manet, a figura de uma jovem- Quer saber se é o retrato de minha mulher. Digo-lhe que sim; êle se propõe a matá-la. Scooky aponta se fu II metralhadora, olha para mim pedindo um assentmen c final, e dispara. “Sua muíher agora está morta; podem s í ? j ra la”. Eu agradeço a Scooky sua boa ação e íar.os para a praial , M. 0.
                )

        )

    [author] => Array
        (
            [Person] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [relation_id] => 24118
                            [content_id] => 7054
                            [property_id] => author
                            [inpoint] => 
                            [outpoint] => 
                            [position] => 
                            [order] => 
                            [creator] => 1
                            [direction] => 0
                            [type_id] => Person
                            [content_creator] => 1
                            [label] => Paulo Mendes Campos
                            [name] => Paulo Mendes Campos
                            [slug] => paulo-mendes-campos
                            [image] => 2018-08-13/2cf01c87b705afcafb489bb0baeb3871[800x800].jpg
                        )

                )

        )

    [relatedTo] => Array
        (
            [ImageObject] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [relation_id] => 24120
                            [content_id] => 7345
                            [property_id] => relatedTo
                            [inpoint] => 
                            [outpoint] => 
                            [position] => 
                            [order] => 1
                            [creator] => 1
                            [direction] => 0
                            [type_id] => ImageObject
                            [content_creator] => 1
                            [contentUrl] => 2018-07-12/a6abed0613931a7eb53263642e3223b0.jpg
                            [width] => 2500
                            [height] => 3798
                            [label] => 058319.jpg
                            [name] => 058319.jpg
                            [slug] => 058319jpg
                            [image] => 2018-07-12/7cd38d5c239c5c1792f75b5e48063a5e.jpg
                        )

                )

            [Periodical] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [relation_id] => 24119
                            [content_id] => 5326
                            [property_id] => isPartOf
                            [inpoint] => 
                            [outpoint] => 
                            [position] => 
                            [order] => 
                            [creator] => 1
                            [direction] => 0
                            [type_id] => Periodical
                            [content_creator] => 1
                            [label] => Diário Carioca
                            [name] => Diário Carioca
                            [slug] => diario-carioca
                            [image] => 
                        )

                )

        )

    [locationCreated] => Array
        (
            [Place] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [relation_id] => 24117
                            [content_id] => 5817
                            [property_id] => locationCreated
                            [inpoint] => 
                            [outpoint] => 
                            [position] => 
                            [order] => 
                            [creator] => 1
                            [direction] => 0
                            [type_id] => Place
                            [content_creator] => 1
                            [label] => Rio de Janeiro - RJ
                            [name] => Rio de Janeiro - RJ
                            [slug] => rio-de-janeiro-rj
                            [image] => 
                        )

                )

        )

    [sourceOrganization] => Array
        (
            [Organization] => Array
                (
                    [0] => Array
                        (
                            [relation_id] => 24116
                            [content_id] => 5809
                            [property_id] => sourceOrganization
                            [inpoint] => 
                            [outpoint] => 
                            [position] => 
                            [order] => 
                            [creator] => 1
                            [direction] => 0
                            [type_id] => Organization
                            [content_creator] => 1
                            [label] => Instituto Moreira Salles
                            [name] => Instituto Moreira Salles
                            [slug] => instituto-moreira-salles
                            [image] => 
                        )

                )

        )

)